quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Gilmar Mendes parece querer eclipsar Carmém Lúcia


O ministro Gilmar Mendes posa de porta voz do governo e do STF 

“É preciso colocar freios”. (Critica do ministro Gilmar Mendes sobre a atuação dos procuradores da república na Operação Lava Jato)  
 
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Superior Tribunal Eleitoral (STE), Gilmar Mendes é o ministro da Suprema Corte que mais opina sobre a vida nacional. Ele se apresenta aos olhos da nação como o mais bem preparado e bem informado ministro do STF. Resta saber se os demais ministros concordam com o protagonismo do ministro Gilmar Mendes e com a sua super exposição.

O jornal Folha de S. Paulo publicou nesta segunda que o ministro Gilmar Mendes se “transformou numa espécie de conselheiro informal” do presidente Michel Temer sobre assuntos jurídicos e “deve passar por ele a escolha de um nome” para substituir Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal.

O ministro Gilmar Mendes foi visto em uma “conversa” com Temer no sábado (21/01), e almoçou no mesmo dia com Eliseu Padilha, da Casa Civil. Depois disso, o magistrado – que presidente a segunda turma do Supremo responsável pelos julgamentos da Lava Jato – apareceu na imprensa defendendo que o relator da operação seja escolhido por Temer, que tem a prerrogativa de indicar o substituto de Teori.

O ministro Gilmar Mendes se manifesta como quem quer impor sua vontade sobre os demais membros da Suprema Corte, e como alguém que defende interesses do governo Temer. As vezes chego a pensar que Gilmar Mendes tenta eclipsar a presidenta do STF, ministra Carmém Lúcia, tamanha a sua contundência e certezas ao se manifestar sobre qualquer assunto relativo ao STF e ao governo.
Postar um comentário