sexta-feira, 17 de março de 2017

A Lava Jato lancetou o tumor da corrupção



No dia de hoje, a Operação Lava Jato completa três anos de atuação ininterrupta. E essa operação que furou o tumor da corrupção brasileira vive um momento crucial, haja vista, haver um reagrupamento de forças que antes operavam na clandestinidade contra a Lava Jato e que diante da turbulência que essa operação está provocando no mundo político brasileiro, passaram a atuar abertamente e sem medo de serem tomadas como uma força que trabalha para sufocá-la.

A Operação Lava Jato nesses três anos vem cumprindo seu papel e dando uma enorme contribuição para que o Brasil reduza o tamanho da sua corrupção e este país passe a conviver com índices de corrupção considerados civilizados, a exemplo dos países de primeiro mundo, com exceção da Itália, onde os políticos sufocaram e mataram a Operação Mãos Limpas.

Mas, como disse hoje o procurador da república, Deltan Dallagnol em entrevista ao jornalista Ricardo Boechat, o sucesso do combate à corrupção depende fundamentalmente da mobilização da sociedade brasileira e do Congresso Nacional. 

A continuação e o sucesso da Operação Lava Jato, vai depender do apoio cada vez maior da sociedade brasileira a essa operação e da pressão exercida pelo povo brasileiro sobre um Congresso Nacional que tem um número considerável dos seus integrantes sendo investigados e denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF). Sem esse apoio imprescindível, a Operação Lava Jato poderá morrer na praia.


Postar um comentário