quarta-feira, 8 de março de 2017

Henrique Meirelles tenta incutir confiança na sociedade



A queda espetacular do Produto Interno Bruto (PIB), por dois anos consecutivos, não é apenas uma imagem no retrovisor, como disse o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ao querer minimizar os efeitos dessa notícia que caiu como uma ducha de água fria no ânimo do povo brasileiro, leia-se: investidor e consumidor.

O sinal mais evidente de que a recuperação da economia brasileira, ainda vai levar muito tempo para retomar seu crescimento é o desemprego crescente.  

Com o governo tendo anunciado a possibilidade do aumento de impostos e o aumento dos preços da energia elétrica, para fechar suas contas e corrigir erros praticados pelos governos anteriores, que praticaram por um longo período tempo preços artificiais de energia elétrica, a tentativa da recuperação da economia brasileira fica travada, porque os preços das mercadorias vão aumentar naturalmente e os aumentos de preços e como jogar gasolina no fogo.

A criação de novos impostos e o aumento seguido da tarifa de energia elétrica, inibe qualquer tentativa de crescimento, porque o consumo continuará parado e os investidores sem disposição e confiança para investirem.
Postar um comentário