terça-feira, 18 de abril de 2017

A Odebrecht É coisa nossa



A Odebrecht É coisa nossa. No Brasil aquele dentre nós que está sem pecados, atire a primeira pedra.

O grupo Odebrecht, que com o seu propinoduto virou o país de ponta cabeça, não é um grupo estrangeiro, mas um conglomerado com sede no estado da Bahia. Isso quer dizer que o comportamento das empresas Odebrecht tem uma cultural empresarial genuinamente brasileira.

O que esse conglomerado baiano fez, foi radicalizar numa prática já existente e aceita com uma naturalidade palmar. Aceita como algo corriqueiro e que todas as empresas praticavam sem que provocasse escândalo e constrangimento. Não é à toa que as maiores e medias empreiteiras estão sob investigação da Operação Lava Jato.

Como não existe corrupto sem corruptor, o conglomerado Odebrecht, contou com colaboradores de muita influência no mundo político e na administração pública - nos níveis estadual e federal. E com esse apoio e colaboração essencial, o grupo Odebrecht acabou se transformando num império transnacional.

Sem a colaboração de políticos poderosos e influentes, o grupo Odebrecht não teria se transformado num gigante internacional.

Essa confusão provocada pela distribuição de propinas pela Odebrecht para políticos e gestores públicos, com tudo na vida, tem também o seu lado positivo, qual seja, criar a oportunidade de passar este país a limpo e transformá-lo num país sério e respeitado pelo estrangeiro.
Postar um comentário