quarta-feira, 21 de junho de 2017

Eles não vão conseguir derrotar este país



A minha última esperança de que este país não seja derrotado por uma gente sem escrúpulo e se amor pela pátria, reside nas Forças Armadas”. (Tomazia Arouche)

A maior crise que o país atravessa neste momento e de confiabilidade. Ocorre que neste país ninguém acredita mais em ninguém, nos poderes constituídos, na nossa classe política, na nossa classe dirigente e até nos nossos pastores, apóstolos e guias espirituais de todos os matizes.

O Brasil foi transformado num país onde a coisa pública se transformou em coisa privada, porque políticos e administradores inescrupulosos, resolveram se apossar dos bens públicos através sofisticadas organizações criminosas - que saquearam as maiores empresas brasileiras de modo as deixarem em situação falimentar. O caso mais emblemático é o da Petrobras, uma empresa que de tanto ser roubada, produziu o Petrolão, o maior escândalo da história recente deste país inzoneiro.

A Operação Lava Jato na qual o povo brasileiro depositou sua última esperança de ver este país transformado num país decente, está sendo atacada pelos poderosos e malfeitores deste país, sob a liderança dos principais envolvidos nos escândalos de corrupção e que estão abalando os alicerceis de uma pátria ultrajada, assaltada e vilipendiada.

O povo brasileiro deve sair às ruas para defender a Operação Lava Jato - que os inimigos da pátria querem matar por asfixia. Eles não vão conseguir, porque derrotar a Lava Jato é o mesmo que derrotar o Brasil. E isso povo brasileiro não deve permitir.
Postar um comentário