quarta-feira, 19 de julho de 2017

Ópera para quem?



Ópera para quem? Para a elite teresinense, para um grupo seleto de convidados do governo do estado do Piauí, porque senão vejamos: o anfiteatro da Serra da Capivara, um lugar imenso, mas que só receberá 150 pessoas. Um número muito limitado, o que sugere a exclusão das populações que habitam o entorno do município de Cel. José Dias, o lugar onde fica localizado o Parque da serra da Capivara.  
Sítio do Mocó no município de cel. José Dias
Uma pergunta que não quer calar: qual a contribuição de um festival de Ópera para o estado do Piauí - em matéria de atração (apelo) turístico para este estado? Não acrescenta nenhum Euro ou um Dólar à nossa economia, se muito, alguns reais, porque o turista que será atraído para o festival de Ópera da Serra da Capivara é o teresinense, o que como já foi dito acima, não atrai divisas para o Piauí, muito pelo contrário, os investimentos feitos pelos governos municipal e estadual, não terão retorno a curto, médio e longo prazo.

O povo piauiense é o grande excluído desse festival de Ópera, porque ele não terá acesso irrestrito ou nenhum acesso, o que deveria acontecer em espetáculos patrocinados pelo poder público.
Postar um comentário