sábado, 1 de julho de 2017

Um país que se ufana de ser despudorado


Enquanto os países sérios, ricos e desenvolvidos se ufanam de serem moralmente irrepreensíveis, o Brasil vangloria-se de ser um país que não é levado a sério, o país do jeitinho e um campeão de escândalos e roubalheiras desenfreadas.

No Brasil, foi firmado um pacto entre as elites política e econômica, para assaltar, saquear e desmoralizar o pouco que ainda resta de dignidade no povo brasileiro.

No Brasil atual, só três instituições merecem confiança e crédito: as Forças Armadas, a Polícia Federal e o Ministério Público. Com relação à última, há controvérsias e restrições. Mas, uma parte do Ministério Público merece respeito e admiração. Pobre do povo brasileiro se não contasse com essas instituições citadas acima. 

A propósito, a caserna acompanha atentamente o desenrolar desse tsunami de crises que caminha para desembocar na maior de todas as crises: a crise institucional. Os três poderes caíram em desgraça junto à opinião pública.  
Postar um comentário