sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

O Brasil vai sentar no banco dos réus

Os EUA processam a Petrobras. Até agora já são seis os escritórios que abriram processo nos EUA contra a maior empresa estatal brasileira em nome de pessoas que adquiram ações da nossa petrolífera.

No Brasil, a operação Leva Jato, que investiga o escândalo do Petrolão, já colocou na cadeia donos das maiores empreiteiras do país, ex-diretores da Petrobrás e até o próximo dia 15 este país estará sabendo oficialmente os nomes dos políticos envolvidos no escândalo do Petrolão. Daqui a 10 anos os envolvidos nesse escândalo monumental estarão sendo julgados pelo STF. Só que dessa vez o Brasil não assistirá ao vivo e em tempo ao julgamento de políticos, donos de empreiteira e ex-diretores da Petrobras. Isso porque o ministro Ricardo Lewandowisk resolveu poupar réus do julgamento popular. 

A Ação Penal 470 (mensalão), que escancarou o Mar de Lama que começo a engolfar este país foi o primeiro escândalo sob a era PT que colocou o Brasil nas primeiras páginas dos jornais, sites e no vídeo das maiores rede de televisão mundial. De lá pra cá, a todo o momento, o país é surpreendido com mais notícias sobre corrupção.  

O titulo desta matéria para ser mais preciso, poderia ser O Brasil e o Partido dos Trabalhadores (PT) vão sentar mais uma vez no banco dos réus.

Os petistas, que se regozijavam de fazerem de um partido que mudou a face do Brasil, num futuro não muito distante vão sentir vergonha ao serem identificados com petistas ou ex-petistas. O mundo é cruel e as estrelas perdem o brilho e mudam de lugar. Podbre PT. 

Se a cúpula do PT der ouvido a exortação feita pela senadora Marta Smith (Suplicy) e procurar corrigir os rumos do seu partido, pode ser que o PT ainda consiga se salvar a tempo.

Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no PortalAz  
Postar um comentário