quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

O estouro da boiada

O PMDB que faz parte do governo da presidenta Dilma Rousseff é o mesmo que faz oposição a um governo que tem como vice-presidente da república, o peemedebista Michel Temer, o também presidente nacional desse partido. Isso ninguém consegue entender. Isso é o “verdadeiro samba do crioulo doido”.

No segundo dia após o início dos trabalhos legislativos na Câmara Federal e no Senado, o governo de Dilma Rousseff foi desancado pelo deputado federal Alceu Moreira (PMDB-RS) que no mesmo tom do discurso de campanha do presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha, conclamou essa casa a manter-se independente do Poder Executivo e radicalizou no seu discurso oposicionista. Um discurso que qualquer outro deputado do PSDB, PP, PSB, DEM e SDD assinaria.

Se a presidenta Dilma Rousseff não tomar uma posição radical contra o PMDB e o PP no sentido de frear o estouro da boiada que começou com a rebelião desses dois partidos, no que foram seguidos por deputados de outros partidos que se sentem descontentes com o Governo Federal, o país poderá ficar ingovernável. 

Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no PortalAz   
Postar um comentário