quarta-feira, 4 de março de 2015

O clima está pesado no Conresso Nacional

A fase mais importante da Operação Lava Jato começa agora, com a quebra pelo STF do sigilo dos nomes dos políticos que estão envolvidos nessa rumorosa operação que já colocou na cadeia, donos das maiores empreiteiras do país, ex-funcionários da Petrobras, doleiros, lobistas e por último, à nata da política nacional. 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki é o relator do processo da ação penal que irá julgar todos os envolvidos nesse escândalo que está derretendo a nossa maior empresa estatal.

Desde que a Operação Lava Jato ganhou às primeiras páginas dos jornais e noticiosos da televisão as ações da Petrobras já perderam mais de 70% do seu valor de mercado.

A imprensa já dá como certo na lista que o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot já entregou ao ministro relator Teori Zavascki, os nomes do senador Renan Calheiros (presidente do Senado) e Eduardo Cunha (presidente da Câmara Federal).

A presença de figurões do PMDB na lista da Operação Lava Jato, poderá aliviar um pouco a situação do Governo Federal que vem sendo fustigado pelo seu principal aliado que vem provocando mais estragos no governo do que todos os partidos de oposição juntos.
Postar um comentário