segunda-feira, 13 de abril de 2015

Nós somos um povo bruto III



Volto a este tema, por considera-lo um assunto que deve ser exaustivamente discutido por nós piauienses, para quem sabe, um dia deixemos de ser tomado por um povo atrasado e rude.

Se insisto neste assunto é porque nós continuamos sendo um povo ignorante, em que pese os nossos mais de 500 anos de existência e a enorme gama de informações que nós recebemos diariamente sobre direitos, deveres e cidadania.

Nós continuamos sendo um povo sem consciência política, ambiental, moral, ética e cidadã. Consciências essas que nós deveríamos adquirir no ambiente doméstico, mas que a maioria do povo brasileiro só toma conhecimento de maneira superficial e teórica na escola, de educadores que via de regra também não tem consciência do seu papel na sociedade.

Nós continuamos jogando lixo nas ruas pelas janelas dos nossos carros, nós não procuramos zelar e manter limpos os nossos logradouros públicos. Muito de nós jogamos no terreiro do vizinho o nosso lixo doméstico e eletrônico. A natureza para nós não deve ser tratada como um organismo vivo e por isso, nós a maltratamos e a agredimos cotidianamente ao transformamos o meio ambiente num grande lixão.

Nos países civilizados, quem os visita recebe uma grande aula e lição de como nós seres humanos devemos cuidar do meio ambiente, de modo a preservá-lo e protege-lo das agressões humanas.

No município de São Raimundo Nonato, o maior destino turístico do estado Piauí, onde encontra-se localizado o Parque Nacional da Serra da Capivara, visitado em grande número por turistas europeus, o nosso cartão de visita é o lixo que se encontra jogado por toda parte, não obstante, a prefeitura mandar recolher regularmente o lixo doméstico.
Postar um comentário