segunda-feira, 27 de abril de 2015

PT e PMDB perderam a confiança do país



O governador do estado Pará, o tucano Simão Jatene em recente entrevista concedida à jornalista Joice Hasselman, afirmou que a aliança política entre PT e PMDB é ‘insuficiente’ para garantir a governabilidade. Eu diria que esses dois partidos que dão sustentação ao governo da presidenta Dilma Rousseff não são mais confiáveis aos olhos do país, o que os impede de serem fiadores de um governo que enfrenta a maior crise de confiança desde o inicio da Nova República.

A presidenta Dilma Rousseff vive se dirigindo ao país na tentativa de infundir um animo novo no povo brasileiro, mas não consegue, porque, o povo desconfia dos políticos em geral e da presidenta em particular; não por culpa exclusivamente sua, mas das suas más companhias, como por exemplo, as dos presidentes das duas casas que formam o Congresso Nacional, Eduardo Cunha e Renan Calheiros, ambos os nomes citados na Operação Lava-Jato. E como se não bastasse, o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, acaba de ser preso pela Policia Federal (PF), após ser apontado pelos principais delatores, como sendo o homem que passava a sacolinha junto aos maiores empreiteiros do país para arrecadar dinheiro sujo para o seu partido, que coincidentemente é o mesmo partido da presidenta.

Dilma Rousseff para onde se vira se depara com políticos ficha-suja que brotam no seu governo como erva daninha brota nas terras do sertão, na época de inverno (estação chuvosa). A presidenta Dilma Rousseff que venceu uma eleição muito difícil, porque a todo o momento ela tinha que justificar o Mensalão, logo no inicio do seu segundo mandato, o seu governo foi ferido mortalmente com o escândalo do Petrolão, um escândalo que coloca a causa principal do impeachment de Fernando Collor no rol dos pequenos escândalos.

Por mais que queiramos ser condescendentes com esse governo, não se consegue porque os fatos de tão evidentes, transformaria os jornalistas que ousarem defender esse governo, em pessoas sem credibilidade, porque levianas.

Dilma Rousseff parece sincera, mas ao não tomar decisões radicais, como romper com os partidos aliados, não consegue reconquistar a confiança da população brasileira que se sente traída e não representada pela nossa classe política.

Siga no Twitter e no Facebook o blog Dom Severino
Postar um comentário