segunda-feira, 10 de agosto de 2015

A imprensa estimula o pessimismo



A imprensa estimula o pessimismo. É preciso promover uma guerra contra o pessimismo, porque senão ele acaba com o Brasil.

O que precisamos salvar não é o governo Dilma Rousseff, muito menos o Partido dos Trabalhadores (PT), é o povo brasileiro que está sob uma permanente ameaça do agravamento de uma crise econômica, com sérios desdobramentos políticos.

Salvar o Brasil de uma classe política que só pensa em se locupletar no poder. Elegemos Lula para promover uma ruptura com a política do atraso e que nós estamos assistindo, já passado quase 13 anos de sucessivos governos petistas é o fortalecimento de políticos que o PT e Lula prometiam nos palanques, nas ruas, nos campos e nas cidades expurgar da vida nacional ao chegar ao poder.

A imprensa que nas grandes democracias tem um papel importante, porque age com responsabilidade, na ainda jovem democracia brasileira, funciona como um rastilho de pólvora que ameaça incendiar o país.

O pessimismo que está destruindo a economia brasileira é alimentado e estimulado pela grande imprensa que deseja derrotar Dilma Rousseff e o PT arruinando a economia do país. Notícias como inflação alta, aumento do desemprego e a queda do PIB (a soma em valores monetários e serviços produzidos no país) que a todo o momento estão nas páginas principais dos jornais produzem um efeito devastador na economia nacional.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino     
Postar um comentário