sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Os petistas se viciaram em poder e dinheiro


“Sempre mantive uma visão crítica de qualquer governo, inclusive de Lula e Dilma, nos quais votei nas últimas eleições. Quem leu meus livros sabe o quanto eu esperava um rumo que o governo não abraçou”. (frei Beto)

 
Todo governo que pretende se eternizar no poder, fatalmente acabará se transformando numa ditadura e para que isso aconteça, é preciso que o partido no poder tenha o apoio das Forças Armadas. Cito como exemplo de ditaduras recentes e próximas, a Venezuela e Cuba. Desnecessário dizer que ditadura não combina com democracia.
 

O Partido dos Trabalhadores (PT) que chegou ao poder com um projeto ambicioso de poder neste momento se vê às voltas com duas crises que já corroeram a imagem de um partido que há quase 13 anos governa este país e que para se manter no poder indefinidamente não teve escrúpulo e nenhum pudor para aliar-se a partidos que antes criticava e prometia expurgar da cena política nacional.

 
No Poder, os petistas com raríssimas e honrosas exceções se se viciou em poder e mordomias. O Mensalão e o Petrolão foram usados por petistas do mal (corruptos, mensaleiros e petroleiros) para fazer caixa e com muito dinheiro poderem controlar corações e mentes. Viciados em poder e dinheiro os petistas do mal jogaram na lata do lixo princípios morais e éticos antes tão caros a esse partido.

 
O Partido dos Trabalhadores (PT) enveredou por um caminho sem volta e dificilmente retomará o caminho do bem.

 
Em TemPo:

 
Ouso afirmar que Dilma Rousseff ainda poderá salvar o seu mandato, mas o PT ela não terá como salvá-lo, porque o seu partido foi muito longe na sua aventura pelo poder a qualquer preço e os fins justificam os meios.



Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário