sábado, 22 de agosto de 2015

Parnaíba Gás Natural construirá gasoduto



  •  Ribamar Cunha

Mais de 300 moradores estão trabalhando na construção de gasoduto de 40 quilômetros que escoará o gás natural do campo de Gavião Branco


Planta da Parnaíba Gás Natural (PGN), em Santo Antônio dos Lopes; empresa tem previsão de investir R$ 1 bilhão este ano (Foto: Arquivo)

A construção de um gasoduto para escoar o gás do campo de Gavião Branco, no município de Lima Campos, para a Unidade de Tratamento de Gás (UTG), em Santo Antônio dos Lopes, levou a Parnaíba Gás Natural (PGN) a contratar mais de 700 funcionários para a obra, dos quais 370 são trabalhadores maranhenses. A PGN tem previsão de investir R$ 1 bilhão este ano.



Segundo a PGN, os trabalhadores locais foram recrutados para diversas funções na obra de construção do gasoduto, como carpinteiro, eletricista, encanador industrial, motorista, pedreiro, recepcionista e soldador.

Atualmente, estão em curso atividades de terraplanagem para a Estação de Processamento de Gás (EPGVB) e ao longo da faixa do gasoduto, que terá aproximadamente 40 km de extensão. Neste momento, a obra está concentrada nos municípios de Santo Antônio dos Lopes, Capinzal do Norte e Lima Campos.

A PGN planeja ainda oferecer dois cursos profissionalizantes para os moradores das comunidades localizadas na área de influência direta do gasoduto. Para tanto, a empresa está organizando, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), pesquisa de campo para identificar os cursos mais adequados à realidade local e ao perfil das comunidades. A expectativa é de que o estudo seja concluído nos próximos três meses.

Na exploração de gás natural na bacia do Parnaíba, somente este ano a PGN declarou a comercialidade de três campos de produção. Em março, foi o de Gavião Branco Sudeste (GBSE) e junho, os campos de Gavião Caboclo e Gavião Branco Norte (Fazenda Santa Isabel)

A PGN deve declarar, ainda este ano, a comercialidade de Fazenda Santa Vitória. O desenvolvimento dos novos campos produtores integra o planejamento da empresa para elevar em 70% a capacidade de produção de gás até julho de 2016, de 4,9 milhões de m³ para 8,4 milhões de m³.
 
Mais
 
A Parnaíba Gás Natural (PGN) é uma empresa independente de exploração e produção (E&P) que opera na Bacia do Parnaíba, Estado do Maranhão, Brasil. A PGN opera seis campos e sete blocos exploratórios, somando 7 mil quilômetros quadrados. Com uma produção média de gás de 4,9 milhões de m³/dia, a Parnaíba Gás Natural é a maior operadora privada de gás natural do Brasil.
Números 370
 
Trabalhadores maranhenses foram contratados pela PGN para a obra de construção de um gasoduto 4,9
 
Milhões de m³/dia é a atual capacidade de produção de gás natural pela PGN na Bacia do Parnaíba. Fonte: blog Maranhão Maravilha


Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário