terça-feira, 8 de setembro de 2015

Ninguém consegue me ver por inteiro


Ninguém consegue me vê, além da minha aparência. Além daquilo que aparento ser. Mas eu não sou só a minha superfície, eu sou profundo. Eu tenho dois lados. Você me olha e faz todo tipo de juízo ao meu respeito, mas você não me conhece profundamente. Você não conhece a minha natureza e por isso desconhece quem de fato eu sou. Sou humano e como todo ser humano, um ser dual. Sou duplo e ao mesmo tempo sou uno. Só quem conhece os meus dois lados é que me vê por inteiro. E isso poucas pessoas conseguem. (Tomazia Arouche)

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário