sábado, 3 de outubro de 2015

O Brasil é um país cuja cultura favorece a indecência


EDUARDO CUNHA conta nos dedos os seus escândalos

O Brasil definitivamente não é um país sério e decente. Se fosse, o presidente da Câmara Federal já teria renunciado e livrado o país da chacota e do escárnio internacional. O comportamento do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ultraja, ofende, agride e humilha a consciência nacional.

Um breve histórico sobre Eduardo Cunha

A vida de Eduardo Cunha está repleta de escândalos. Poucos homens públicos neste país estiveram tão envolvidos em escândalos. A imprensa já enumerou 12 escândalos que constam da biografia desse político fluminense e, ele continua posando de 'vestal da política nacional'. O mais recente escândalo envolvendo esse político todo poderoso vem da Suíça. Uma denúncia que pode abalar o posto do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. O Ministério Público daquele país entregou à Procuradoria-Geral da República, na quarta-feira, os autos de uma investigação conduzida no país europeu contra o parlamentar. Um banco, ainda desconhecido, enviou às autoridades suíças um informe segundo o qual Cunha teria não apenas uma, mas quatro contas bancárias em seu nome ou no de parentes, somando cerca de US$ 5 milhões, valor que já foi congelado.

Nos países onde a cultura da indecência não prospera, políticos como Eduardo Cunha são todos banidos.

Siga no  Twitter, no Facebook e no Portalaz ao blog Dom Severino
Postar um comentário