quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

A morte ‘prematura’ do Partido dos Trabalhadores



João Vaccari Neto sendo conduzido à prisão pelo japonês

“Os fins justificam os meios e os meios para os petistas, podem ser executados a qualquer preço. Mesmo que os meios levem à prisão os seus executores”. (Tomazia Arouche)

Os petistas para permanecerem indefinidamente no poder fizeram tanta patacoada e presepada que acabaram comprometendo a imagem do Partido dos Trabalhadores (PT), um partido que nasceu como uma esperança do povo brasileiro na construção de um país melhor e mais digno.

Após 13 anos de poder e uma dezena de grandes escândalos, o Partido dos Trabalhadores (PT) após sobreviver ao escândalo do Mensalão caminha para uma morte prematura. É que o povo brasileiro perdeu completamente a confiança num partido que já foi depositário das esperanças e sonhos de milhões de brasileiros em viver num país decente e com políticos renovados, éticos e comprometidos com o país.

Com os seus principais líderes nas cadeias, outros em prisões domiciliares e sendo monitorados por tornozeleiras e outros tantos sendo investigados e sob suspeitas, como o ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva, o PT nem mesmo sendo refundado conseguirá reconquistar a confiança do povo brasileiro.  

Joachim Arouche

Postar um comentário