quinta-feira, 9 de junho de 2016

O Brasil carece de multiplicadores de Moro e Janot

O Brasil esclarecido só acredita no juiz federal Sérgio Moro, no Procurador-Geral da República (PGR) e na Policia Federal (PF).

É que a Força Tarefa comanda por esse juiz federal, por procuradores da república e a Polícia Federal vem apresentando resultados até certo ponto surpreendentes, como por exemplo, as prisões de políticos até bem pouco tempo considerados inatingíveis, de donos das maiores empreiteiras deste país e ex-funcionários da Petrobras que vinham assaltando essa empresa estatal.

Quando digo que o Brasil carece de multiplicadores do Juiz Sérgio Moro, do procurador da república Deltan Dallagnol é que se percebe que a determinação e o arrojo desses dois personagens ainda não inspiraram novos juízes e procuradores. Não, na velocidade necessária.

O PGR Rodrigo Janot, representado na Força Tarefa da Operação Lava Jato, pelos procuradores da república no estado do Paraná, na mesma proporção que cresce o seu prestígio e admiração do povo brasileiro, cresce o ódio e a raiva dos poderosos da nação que direta ou indiretamente estão sendo atingidos pela sua firme determinação de colocar atrás das grades os bandidos (corruptos e corruptores) de colarinho branco. 

A cúpula do PMDB, por exemplo, quer ver Rodrigo Janot pelas costas.
Postar um comentário