terça-feira, 25 de outubro de 2016

O senador Renan Calheiros insiste em desafiar o país

Renan Calheiros parece incomodado

“Renan é um personagem emblemático da profunda crise moral pela qual passa o País”, afirma o editorial do jornal Estadão de 4 de abril de 2016.

O Brasil é um típico país terceiro-mundista, uma república das bananas e o paraíso dos coronéis da política nacional. E o político alagoano Renan Calheiros, encarna o perfil dos políticos que dominam países como El Salvador, Honduras e Paraguai.

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL), em que pese ter quase uma dezena de processos correndo contra ele na justiça, continua falando grosso e em alguns momentos, até mesmo desqualificando e desafiando autoridades, como aconteceu recentemente, ao classificar o ministro da Justiça de “chefe de polícia” e o juiz federal que autorizou a prisão de policiais legislativos de “juizeco” e fica por isso mesmo, porque ninguém ousa enfrentá-lo.

Quem chegou a fazer sombra ao poder do senador Renan Calheiros, foi o ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, que de tanto desafiar o povo brasileiro e agredir a consciência nacional, acabou caindo em desgraça. Oxalá que aconteça o mesmo com o todo poderoso senador das alagoas! O poder de Renan Calheiros parece ditatorial.
Postar um comentário