segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Brasil: um país onde tudo dá errado



Este país não pode dar certo. Aqui prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme, traficante se vicia, pobre é de direita e justiça só existe para pobres, negros e prostitutas.” (Frase de Sebastião Rodrigues Maia (Tim Maia)

Todos esses adjetivos que aparecem no título deste texto, cabem perfeitamente ao nosso país. Um país que tinha tudo para dar certo, mas que acabou dando errado. E como o problema deste país é de origem, dificilmente ele terá jeito.

Um país cuja história é pobre de homens com histórias edificantes, as nossas futuras gerações não têm em quem se espelhar. Os “nossos heróis”, via de regra, não resistem a uma investigação criteriosa.

A nossa história recente está recheada de escândalos, envolvendo os três poderes, os pilares de uma nação e diante dessa triste constatação é impossível alimentar esperança com relação ao nosso futuro como nação.

Como os bons exemplos deveriam vir de cima, ou seja, da nossa classe dirigente e da nossa elite política e, não vem, todo mundo se acha no direito de agir como agem os poderosos e ricos da nação.

A impunidade reinante na vida nacional, funciona como um indutor da criminalidade, da imoralidade, da sem cerimônia, da desfaçatez e da falta de respeito.

Honestamente, eu não sei dizer quem é mais nocivo para a sociedade brasileira, se Marcola, Fernandinho Beira Mar ou os mensaleiros, os petroleiros do mal e os políticos corruptos em geral.
Postar um comentário