terça-feira, 31 de janeiro de 2017

O ano de 2018 já começou




A próxima aquisição do PMDB deverá ser o prefeito Mão Santa

Nem bem o ano de 2017 se inicia e já é grande a movimentação de políticos e partidos no estado do Piauí, com vistas à eleição de 2018.

O governador Wellington Dias (PT), até parece que já está em plena campanha visando sua reeleição, tamanha a sua desenvoltura e articulação com os partidos e lideranças na capital e no interior do estado.

Wellington Dias prepara uma reforma do seu secretariado, de modo a abrigar mais peemedebistas e progressistas no seu governo, o que acabará sendo um tiro no pé ou um tiro no escuro, uma vez que tanto o PP como o PMDB têm projetos políticos que não inclui o Partido dos Trabalhadores (PT).

As filiações do senador Elmano Férrer (PTB-PI) e do ex-senador João Vicente Claudino ao PMDB piauiense, faz parte de uma estratégia do PMDB nacional de fortalecer esse partido no Piauí. Acreditem: não é para apoiar uma eventual candidatura à reeleição do governador Wellington Dias, mas para que o partido do presidente da república possa lançar uma candidatura própria em solo piauiense, que tanto pode ser o advogado João Henrique Sousa, o empresário JVC ou o senador Elmano.   

O PT, tudo leva a crer marchará sozinho em 2018. Na melhor das hipóteses, Wellington terá o apoio de partidos nanicos como PTC e PEN, que para sobreviver dependem de cargos no governo.    
Postar um comentário