quarta-feira, 10 de maio de 2017

Wellington Dias enfrenta sua primeira grande crise


Embora a campanha eleitoral de 2018, ainda esteja muito longe, o racha na base de sustentação do governo Wellington Dias, já se configura, com o PMDB deixando bastante claro que não abre mão da indicação do deputado estadual Themístocles Filho, como candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo governador petista.


O Partido Progressista (PP), por seu lado, também já se manifestou, dizendo que “merece” indicar o candidato a vice-governador na chapa de Wellington Dias (PT) e de um candidato ao Senado, com o apoio declarado do governador.


Difícil vai ser Wellington Dias administrar essa crise que se anuncia, onde além dos interesses conflitantes entre o PP e PMDB, o Partido dos Trabalhadores (PT) não abre mão da candidatura à reeleição da senadora Regina Sousa (PT-PI).  

Se a cúpula do PT abandonar Regina Sousa, para apoiar um candidato do PP, os petistas orgânicos e fundadores abandonarão Wellington Dias. Quem viver verá!
Postar um comentário