segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Leitura dinâmica

As mulheres que chegaram ao poder no Brasil, fracassaram, como gestoras. A começar pela ex-presidenta Dilma Rousseff que não teve competência para livrar este país de uma tragédia ao adotar algumas medidas econômicas que empurraram o país para o abismo e também, por não ter tido a capacidade de derrotar o PMDB. A presidenta do STF, a ministra Cármem Lúcia que o povo brasileiro depositou muito muita esperança na presidência de um dos poderes  fracassou redondamente ao se deixar pautar pelo ministro Gilmar Mendes que também funciona como consultor e porta voz de Michel Temer. A nova PGR, Raquel Dodge, antes mesmo de assumir o comando da Procuradoria-Geral da República, já deu demonstrações de que será muito grata ao presidente da república que preteriu o subprocurador-geral da república, Nicolau Dino o mais votado da lista tríplice que foi ignorada por Temer para escolher a segunda colocada.

A bola de Henrique Meirelles está murchando

Assustado
O ministro da Fazenda Henrique Meirelles que era visto até pelos petistas de alto coturno, como sendo o homem capaz de salvar o país da grave crise em que se encontra, após um ano a frente desse ministério não conseguiu debelar essa terrível crise. O pouco que conseguiu, foi reduzir a inflação, o que qualquer ministro conseguiria com um índice de desemprego tão alto e a queda no consumo de maneira preocupante. Meirelles que já posava de pré-candidato à sucessão presidencial, com o fracasso das suas políticas econômicas, já perdeu o seu entusiasmo até para continuar ministro.

João Doria não tem credencial para ser candidato

Com apenas oito meses à frente da prefeitura da cidade de São Paulo, o picolé de chuchu Joao Doria Junior não tem credencial, não tem estofo político e uma biografia que o credencie para disputar à presidência da república. Um cargo que requer alguma experiência administrativa no setor público. Com menos de um ano no comando da maior capital brasileira, João Doria, ainda não disse ao que veio. O que tem tentado fazer e também sem sucesso é criar factoides. Uma malandragem que o paulistano já descobriu e está se vacinando.
Postar um comentário