terça-feira, 3 de abril de 2018

As nossas elites estão acima da lei?


O jornalista Roberto D`Ávila da Globonews, numa das chamadas dessa emissora, pergunta ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso se no Brasil ninguém está acima da lei. O que esse ministro meneia sua cabeça, como quem diz: Só os ricos e poderosos. O que esse ministro não diz, obviamente com palavras, mas que está explícito no seu gesto.

No Brasil, com a possibilidade do condenado em primeira instância, poder apelar para a segunda, terceira e quarta instancia, os ricos e poderosos, via de regra, nunca são presos e quando são, passam poucos dias na cadeia. Os exemplos mais emblemáticos, são os do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) e do amigo e particular do presidente da república Michel Temer, o coronel da reserva João Baptista Lima da Polícia Militar do estado de São Paulo, que após serem decretadas suas prisões, Maluf foi solto pelo ministro do STF, Dias Toffoli e esse coronel da Polícia Militar do estado de São Paulo, pelo ministro Luís Roberto Barroso, sendo que o primeiro foi solto sob a alegação de que o seu estado de saúde é precário, já o segundo, foi solto porque a sua prisão se deu em função de uma medida cautelar que determinou sua prisão temporária.

Na autorização da soltura do amigo de Temer, o coronel da reserva Lima, o que causou estranheza foi o fato do suspeito, sequer ter prestado depoimento à Polícia Federal, o que ele vinha protelando há bastante tempo, sob a alegação dos seus advogados que usavam como justificativa para o seu cliente não depor, as “precárias” condições de saúde desse amigo do presidente da república.

Esse estado de anomia do governo brasileiro, a bagunça política e a descrença generalizada do povo brasileiro no que tange a sua classe dirigente e aos seus políticos, está deixando os militares indóceis. Isso quem afirma é a Revista da Sociedade Militar e o Clube Militar. Um órgão de imprensa e uma instituição que ao se manifestarem, refletem o sentimento predominante na caserna.

Essa revista chega a questionar as decisões de certos ministros do STF e faz algumas advertências. Quem quiser conhecer o pensamento das Forças Armadas é só escrever no Google: www.revista da sociedademilitar.com ou Clube Militar.
Postar um comentário