quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

UPA: um elefante braco em São Raimundo Nonato (PI)

São Raimundo Nonato (PI) Milhões de reais do Governo Federal foram aplicados na construção da Unidade de Pronto Atendimento do município de São Raimundo Nonato no estado do Piauí, para servir de monumento ao desperdício, pois em que pese à conclusão da construçãoA da sua estrutura física e dos seus equipamentos já estarem nessa unidade há mais de três anos, essa UPA nunca entrou em funcionamento.

Um município que funciona para mais de 10 municípios que existem no seu entorno, assim como o município de Teresina funciona para todo o estado do Piauí, é lamentável que a secretaria de Saúde do estado não tenha se mobilizado no sentido de criar um tipo de consórcio integrado pelo Governo Estadual e todos os municípios que fazem parte da micro-região de São Raimundo Nonato; um tipo de consórcio como os que estão funcionando no estado do Ceará, com grande sucesso. 

O município de São Raimundo Nonato que dista 513 km de Teresina deveria ser dotado de um hospital que reunisse condições de atendimento de média e alta complexidade, para que os pacientes desta região não fossem obrigados a serem encaminhados para os hospitais de Teresina que não conseguem atender sequer os teresinenses. As ambulâncias continuam sendo o melhor hospital dos municípios de São Raimundo Nonato, São Braz, Fartura, Dirceu Arcoverde, Anísio de Abreu, Dom Inocêncio, Canto do Buriti e Caracol.  

O funcionamento da UPA com profissionais bem qualificados, poderia mudar sensivelmente esta nossa realidade.

Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no PortalAz
Postar um comentário