segunda-feira, 8 de agosto de 2016

O PSDB ensaia desembarque do governo Temer



Os tucanos devem se afastar do governo Temer e colocar distância entre eles e os peemedebistas para não serem contaminados pelas diabruras do PMDB no poder. O álibi que o partido presidido pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG) precisava para se afastar do governo e retomar o protagonismo da oposição lhe foi oferecido pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao propor de maneira imprudente a candidatura de Temer a sua sucessão. 
 
A Operação Lava Jato que andava meio 'morna e que parecia que estava desacelerando', com as revelações do ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht a Força Tarefa da Operação Lava Jato comandada pelo juiz federal Sérgio Moro voltou ao seu ritmo inicial e voltou a semear o pânico no Palácio do Planalto e adjacências.

O PSDB ao emprestar apoio incondicional ao governo do PMDB se credenciou para assumir os bônus e os ônus de ser governo. Como o governo Temer é um governo contaminado pelo vírus da corrupção, o PSDB para se legitimar como oposição vai ter que se livrar de uma parceria feita apressadamente e sem medir as consequências.
Postar um comentário