sexta-feira, 28 de abril de 2017

Eles não sobreviverão ao an de 2018

Quem são os inimigos dos trabalhadores brasileiros? São os “nossos congressistas” que preferem apoiar o governo, o que significa votar contra os interesses do povo brasileiro. 

No estado do Piauí, por exemplo, dos 10 parlamentares com assento na Câmara Federal, apenas um votou contra a reforma trabalhista. 

Os projetos dos parlamentares que desejam reeleger-se em 2018 vão ser modificados, porque a Operação Lava Jato e o povo brasileiro vão expurgar da cena política brasileira, aqueles que deliberadamente se posicionaram contra os interesses dos trabalhadores empregados e daqueles que pretendem ingressar num mercado de trabalhado cada vez mais seletivo e excludente. Partidos com PMDB, PP, PT, PSDB serão desidratados na eleição do próximo ano.

Anotem os nomes dos deputados federais piauienses que votaram contra o povo brasileiro na votação da reforma trabalhista: Marcelo Castro (PMDB), Iracema Portela (PP), Júlio Cesar Lima (PSD), Rodrigo Martins (PSB), Atila Lira (PSB), Heráclito Fortes (PSB), Paes Landim (PTB) e os suplentes de deputados Silas Freire (foto) e Mainha. Isso mesmo, você não leu errado: Mainha.
Postar um comentário