sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

O MPF vai prestar um grande serviço a Lei da Ficha-Limpa

O MPF vai prestar um grande serviço à Lei da Ficha-Limpa. É que através da operação Lava Jato, muitos políticos de alto coturno, alguns deles 'manda chuva' da política nacional, como por exemplo, o atual presidente do Senado, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) que segundo a revista Época, o Ministério Público Federal vai pedir a sua cassação, pelo uso irregular de aeronaves da FAB e pelo fato desse parlamentar ter sido citado por um dos delatores dessa operação que está passando o Brasil a limpo.

A propósito: dos 28 políticos citados por Paulo Roberto Costa na sua delação premiada, poucos sobreviverão a essa profunda e criteriosa investigação comandada pelo juiz federal, Sérgio Moro que já colocou na cadeia os donos das maiores empreiteiras do país.

Cobras venenosas

Se o Brasil conseguir se vê livre desses políticos citados pelo ex-diretor de distribuição da Petrobras no seu depoimento, a operação Lava Jato terá prestado um grande serviço a este país e entrará para a nossa história, assim como a operação Mãos Limpas entrou para a história da Itália.


Em TemPo:

Muitos dos nomes citados por Paulo Roberto Costa na Operação Lava Jato, por prudência desistiram de brigar por um lugar ao sol na esplanada dos ministérios. É óbvio que nem todos têm culpa no cartório.  

Siga o blog Dom Severino no Twitter, no Facebook e no PortalAz
Postar um comentário