quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

O governo parece querer punir a Policia Federal



É óbvio que num momento de crise financeira como esta que o país atravessa, nenhum setor da vida nacional pode ficar fora de cortes no orçamento. Mas, o bom senso nos diz que reduzir o orçamento da Policia Federal (PF), numa fase muito importante da Operação Lava-Jato, não é uma medida aconselhável. É preciso fazer o ajuste fiscal e equilibrar as finanças públicas.

Delegados da Policia federal afirmaram que o contingenciamento de verbas da PF vai atrapalhar o andamento da Operação Lava-Jato, o que poderá repercutir muito mal junto à sociedade brasileira, uma vez que a PF está entre às instituições brasileiras mais bem avaliada e confiável.  

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, rebateu nesta terça-feira a possibilidade de que o orçamento afete as apurações. "A Polícia Federal tem sido total prioridade do Ministério da Justiça. Esse é o compromisso que temos e que todos conhecem. Jamais faltará verba para a Lava Jato ou qualquer outra operação ou projeto estratégico da Polícia Federal", afirmou Cardozo.

O governo Dilma Rousseff para se manter de pé e poder chegar ao fim do seu mandato, precisa ser visto com respeito e sendo confiável aos olhos da nação. O que cairá por terra, caso o povo brasileiro perceba que a Operação Lava-Jato está sendo morta por asfixia, pelo Planalto.

Joachim Arouche
Postar um comentário