segunda-feira, 14 de março de 2016

PT e PMDB são sócios no grande latifúndio Brasil



Trocar a presidenta Dilma Rousseff pelo seu vice-presidente Michel Temer no comando do país é o mesmo que trocar seis por meia dúzia. Ocorre que o governo do Partido dos Trabalhadores (PT) divide o poder com o PMDB. Na realidade o governo federal é um consórcio formado majoritariamente pelo PT e PMDB.

Se esses dois partidos são sócios, não há como condenar um e absolver o outro. Se há desmandos e roubalheiras no governo, a responsabilidade pelos malfeitos tem que ser atribuída a dupla Dilma Rousseff e Michel Temer. Nesse caso não há como isentar o PMDB das responsabilidades pelos desvios éticos e morais dos integrantes desse governo.

Qualquer manifestação num país democrático é legitima e funciona como fortalecimento desse regime. Nesse quesito o Brasil vai muito bem. Uma manifestação que reuniu mais de três milhões pessoas sem nenhum incidente, isso revela maturidade da nossa democracia.

Contra do PMDB

O PMDB em convenção nacional decidiu pela não permissão para que peemedebistas ocupem novos cargos no governo federal. Um governo que é formado pelo PT e PMDB, diga-se de passagem. Mas, não decidiu pela devolução dos cargos que detém no governo. Michel Temer, como é do seu feitio usou de esperteza e optou por dar um aviso prévio ao seu próprio governo. O PMDB é useiro e vezeiro na arte da esperteza.

por Joachim Arouche
Postar um comentário