quarta-feira, 8 de junho de 2016

Os petistas foram reticentes

José Guimarães emudeceu


O Partido dos Trabalhadores (PT) ao ascender ao poder se nivelou por baixo ao PSDB, PMDB, PP e PTB; isso para ficar só com os maiores expoentes da bandalheira neste país.

O PT de tão comprometido com os escândalos que viraram este país de cabeça para baixo, hoje, só sabe se defender das acusações que pesam contra os seus militantes e procura passar ao largo das discussões sobre corrupção e moralidade pública.

Isso ficou bastante evidente nas manifestações de apoio a decisão do Procurador-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot que pediu a prisão de Renan Calheiros, Romero Jucá, Cunha e José Sarney. Os petistas como estão envolvidos diretamente com o escândalo do Petrolão, silenciaram sobre o que poderiam se manifestar em apoio ao procurador.   

Os senadores Cristóvam Buarque (PPS-DF) e Álvaro Dias (PV-PR) saíram em defesa do pedido de prisão feito pelo PGR Rodrigo Janot. Os petistas se tanto, tergiversaram.
Postar um comentário