quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Olívio Dutra: um político que precisa ser levado a sério



"PT tem que levar uma lambada forte mesmo porque errou". (Frase do petista histórico e orgânico Olívio Dutra).

Entre as muitas virtudes do ex-governador do estado do Rio Grande Sul, Olívio Dutra, uma delas se destaca: sua extrema sinceridade. Como essa manifestada na frase que abre este texto.     

Infelizmente, o Partido dos Trabalhadores (PT) não conta com um número suficiente de petistas do naipe de Dutra, para promover a refundação de um partido que errou muito ao chegar ao poder e que se nada for feito nesse sentido, tende a desaparecer do mapa político nacional ou ser reduzido a um partido nanico.

“Não adianta querer dizer que a culpa é do Judiciário, do adversário e da grande mídia”, disse Olívio Dutra, numa entrevista que concedeu a Rádio Gaúcha, onde responsabilizou, aqueles que ele chama de figuras, os dirigentes do PT, como responsáveis pelo declínio político, moral e ético de um partido que ainda tem a maior base social e capilaridade nacional, entre todos os partidos brasileiros.      

As eleições municipais de 2016, mandaram um recado aos dirigentes petistas na forma de baixa votação nos candidatos e na eleição de prefeitos do partido liderado por Lula. Sem um retorno a sua origem, o PT dificilmente voltará a recuperar a boa imagem que a maioria do povo brasileiro tinha de um partido que foi idealizado, pensado e criado para promover uma ruptura com a política velha brasileira e criar uma nova política. Mas, no poder o PT trocou o seu projeto de Brasil por um projeto de poder.
Postar um comentário